Pages

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 10 de março de 2011

Zona de conforto???


Will Rogers, ator e comediante, disse que: "De vez em quando é preciso subir num galho perigoso, porque é lá que estão as frutas" e  "Mesmo que você esteja no caminho certo, você será atropelado se ficar simplesmente sentado."  Mas de alguma forma, fiquei dividida nos meus pensamentos...
Durante a semana que passou, particularmente, ouvi muito a expressão "sair da zona do conforto" . No contexto, alguns palestrantes diziam que nessa nova fase seríamos provocados até sair dessa zona do conforto. Mas que raios é essa tal "zona do conforto"? Então, pode-se dizer que é uma fronteira mental, definida por atitudes, sentimentos, pensamentos que costumanos ter. Dentro dessa bolha estão todas as lembranças positivas e negativas que tivemos, portanto, está intimamente relacionada com nossas. experiências. Nessa bolha tudo que está dentro te deixa bem e se, por acaso, você tem que sair de lá sente logo o perigo.
É claro que  a tendência das pessoas é refugiar-se em sua zona de conforto, por isso almejam uma rotina e  adequam novos hábitos de vida, seja no âmbito familiar, social ou profissional.Que complexo e ao mesmo tempo conflitante, já  que a vida é extremamente dinâmica. Sendo assim, só mudando continuamente para não estagnar.
Mais do que tudo sabemos que as mudanças nos deixam inseguros, ansiosos e até desconfortáveis. Melhor seria se estivéssemos preparados para elas de forma contínua, vista a necessidade.Não seria diferente nas relações sociais e profissionais... As mudanças surgem e, inevitavelmente, devemos acompanhar.
Sair da sua zona de conforto pra quê ? Por que, se lá é tão quentinho e aconchegante? Sair da zona do conforto tem todo seu lado positivo, essa saída é capaz de nos motivar, de alavancar nosso progresso, de acordar mesmo para a vida.
O fato que é que mais cedo ou mais tarde você será provocado pela vida, independente da sua resistência, você será obrigado a isso. Só percebemos o quanto estamos acomodados quando sofremos essa provocação. Ai você pára, olha pra si e percebe que nos últimos tempos mudaram a programação da TV,  a fulana mudou a cor do cabelo e você não curtiu , que beltrano trocou de namorada e  você criticou. De repente, olha pra si e percebe que de alguma forma a vida mudou, mas você continua ali. Você não gostava do seu apartamento, você não gostava de estudar de última hora, você não gostava de ter poucos amigos, mas e dai? Você continua da mesma forma.  Você se acomodou com o que incomodava. E merece ser provocado mesmo!
Não estou falando de precipitações ou arriscar-se por nada, mas sim de se permitir correr alguns riscos ao sair dessa zona de conforto.
Somos seres experimentais com a memória repleta de contos de fada destruídos, acabamos por evitar que isso se repita.  Muitas vezes, isso nos limita..É claro que ao arriscar, acabamos nos deparando com novos erros, isso é bom porque nos permite ter auto-conhecimento. A partir desse auto conhecimento, é possível um aprimoramento no nosso projeto de gente. Quando deixamos de experimentar e de arriscar, consequentemente,  deixamos de evoluir.
Voltando às frases citadas por Will Rogers, agora posso concordar com ele. No início do texto, a zona do conforto ainda bloqueava a minha percepção, Agora ela permitiu que desse validade a novos conceitos e ideias. Dessa forma, funciona.
Na dúvida, basta lembrar da intensidade que vivemos quando optamos por sair da zona de conforto. Só isso, já vale a pena! A vida torna-se de novo interessante, ganha novos contornos e cores, o olfato se aguça e os ouvidos se abrem para novas canções. E antes que faça disso uma zona de conforto, lá vem a vida de novo te provocando. E  por ai vamos, dando adeus em vez de agradecer o seja bem-vindo!

Vou executar um pouco essa função de provocadora... Você se imaginou vivendo assim? Quando criança, o que você queria ser? Você concorda com o rumo que a vida tomou? Até que ponto você é capaz de se arriscar?  Você se sente feliz? O que te incomoda? Quanto você se arrisca? Há quanto tempo você está na sua zona de conforto?

14 comentários:

Camila Monteiro disse...

Poxa amiga, gosto tanto de vc, precisa me dar uma pórrada dessas? kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Esse post foi direto pro meu coracao... to passando exatamente por isso agora, fazem alguns dias que resolvi sair da minha ZONA DE CONFORTO e abandonar alguém que me fazia mal e agora to aqui, aguentando as concequencias.
Masmo assim, to bem, to feliz, to aliviada!

Adorei cada palavra tua!
Beijos

Mocinhas Elegantes disse...

Lendo esse seu post acabei fazendo uma reflexão sobre a minha vida e percebi que estou há um bom tempo nessa zona de conforto. Preciso agir.
Obrigada pelas palavras.
Beijos, Joice

mocinhaselegantes.blogspot.com
Twitter: @melegantes

Não esqueça de participar do super sorteio que está rolando lá no blog. São 3 pigmentos da NYX.

Grasi Souza disse...

Belo texto :)

Bejo
http://www.achadosdagrasi.blogspot.com/

Dave disse...

Exatamente.

Nos acomodamos dentro de uma zona de conforto, pois tudo se torna fácil, previsível e cômodo. Pensemos: Temos uma rotina perfeita. Criamos um verdadeiro guia de como viver o dia a dia. Fizemos um manual perfeito de como agir em diversas situações diferentes. Principalmente naquelas que nos fazem sofrer. É como se transformássemos nossas vidas em uma sala de controle, onde sabemos o comando e a ação de cada um dos botões daquela mesa enorme. Aí do nada, nos perguntamos: - "Que graça tem isso?" - e é justamente quando saímos da nossa zona de conforto e começamos a aceitar que a vida é imprevisível e que viver é correr riscos, que começamos a crescer, mudar, evoluir e principalmente fazer o que não fazemos quando nos encontramos na tal zona de conforto: Viver.

Beijo!

Dani Nóbrega disse...

eu entrei em crise esses dias mas resolvi ficar na minha zona de conforto mesmo, só que com algumas melhorias, dependendo de como se estar e se é a zona de conforto de cada um eu acho que não precisamos sair apenas modifica-la pra melhor, tentar melhorar sempre até mesmo pra não cair na mesmisse. adorei a visita e tb estou seguindo aki bjs
http://makealinesimples.blogspot.com/

Laylla Leite disse...

Adoro seus posts, sempre acabo fazendo uma reflexão! Lindo texto, me fez pensar muito!
Beijo!

Thaís Araújo disse...

Que texto lindo!
Eu quase sempre quando quero refletir, vou pra minha zona de conforto..

Beijos.
www.consumisse.blogspot.com
@thaharaujo

Bárbara Barão disse...

Adorei o texto, com sempre!!!

Bjinxxxxxxxxx


www.todaenfeitada.blogspot.com

Donna Chic disse...

Olá, passando pra lhe desejar um ótimo final de tarde.
Um super beijo,
Thaiane Bambinetti
http://donna-chic.blogspot.com/

Priscila disse...

Poxa, eu sou muito dependente da minha zona de conforto... isso está totalmente ligado à insegurança, né?!
Tenho muito medo de me arriscar e perder o pouco que tenho, mas é meu!
Bom texto, fez refletir...
beijos

Isabela disse...

adoro seus textos, esse está demais, me fez refletir! rs, demais!! beijo

Suzala Moura disse...

Oi Edi...veja, concordo que a zona de conforto muitas vezes nos deixa travados...claro que devemos sempre nos melhorar, não nos acostumarmos com os nossos defeitos, mas não devemos ser inconsequentes e vivermos sempre atrás de novidades e mudanças: isso cria tb angústias. Portanto, o melhor é viver no equilíbrio.

Beijos, ótimo post

Aline Queirós disse...

Não sei explicar ao certo se essa zona de conforto em que me meti foi feita por mim mesma sozinha ou se teve a ajuda de outras pessoas. O meod de arriscar é sufocante, mas o medo de perder o que já foi construido é ainda maior. Bom, ando numa fase que o seu texto soube cutucar muito bem, me fez mais uma vez refletir sobre vários coisas. Cheguei novamente a conclusao que devo sair um pouquinho da minha zona de conforto, entretando o medo me impede disso =/
Bjão***


http://aguademaismataplanta.blogspot.com/

Renata Linhares disse...

Legal esse tema. Já saí da minha zona de conforto algumas vezes. Demorou....mas consegui. A gente acaba mesmo se acomodando e hoje em dia tem a questão do medo também que dificulta a nossa tomada de decisão.

Tá rolando o 1º sorteio do blog. É um pincel MARA da Sigma. Entra lá e participe!!!

Bjs!!!
http://scarpindeonca.blogspot.com/